O Mar!
Cercando prendendo as nossas Ilhas!
Deixando o esmalte do seu salitre nas faces dos pescadores,
roncando nas areias das nossas praias, batendo a sua voz de encontro aos montes,
… deixando nos olhos dos que ficaram a nostalgia resignada de países distantes …
… Este convite de toda a hora que o Mar nos faz para a evasão!
Este desespero de querer partir e ter que ficar! …
— Poema do Mar, Jorge Barbosa

2018 - ANO DE AUGUSTO MESSIAS DE BURGOS

“AD PERPETUAM REI MEMORIAN”
Visite Memorial Augusto Messias de Burgos
NOSSA HOMENAGEM DE GRATIDÃO
AO CABO-VERDIANO
AUGUSTO MESSIAS DE BURGOS
POR OCASIÃO DE SEUS 150 ANOS
NOSSA LEMBRANÇA
POR SUA PROFÍCUA PASSAGEM
PELAS NOSSAS ILHAS EM 1911
1868 – 2018